domingo, 29 de novembro de 2009

O idiota e a moeda


  Conta-se que, numa cidade do interior, um grupo de pessoas se divertia com o  idiota da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de  pequenos biscates e esmolas. Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: Uma grande de 400 RÉIS e outra menor de 2.000 RÉIS. Ele sempre escolhia a  maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos. Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos .


Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena narrativa.
A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: Quais eram os verdadeiros idiotas da história?
A terceira: Se você for ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda.

Mas a conclusão mais interessante é a percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito. Portanto, o que importa, não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos.
“O maior prazer de um homem inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente.” 
Share |

6 comentários:

Monique disse...

Nossa Ma... muito boa essa mensagem... adorei... vou até enviar pra minha lista de contatos...
Realmente nos importamos mto com a opiniao dos outros mas nos esquecemos de fazer o que é cero para nós neh...
Essa mensagem demonstra mto bem isso...

Bjs... até mais...

Ju disse...

Oie...
Já add como seguidora mas nao consegui colocar minha fotinha... mas nao da nada... mais tarde eu tento...

Ju disse...

Olha que legal essa historinha... adorei!!

Monique disse...

Rsss...
Adorei
8-)

Joso disse...

hauhauhauhauhau...

Muito bom!!!

ariadina disse...

oie adorei as mensagens continue assim nos abençoando a cada dia mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba nossas postagens gratuitamente:

Digite seu email:

...vá tbm na opção SEGUIR e seja abençoado!